Reajuste anual do plano de saúde UNIMED é aprovado em Assembleia no SINDSEMP

Após discussão na 1ª Assembleia para reajuste anual do plano de saúde UNIMED, que apresentou a proposta de 15%, após negociações com a diretoria, que conseguiu derrubar a proposta inicial de 19%. Ficou determinado que os representantes da UNIMED levassem a contraproposta de 5% para o reajuste, e voltassem à discussão na 2ª Assembleia que aconteceu nessa quinta-feira(20), na sede administrativa do sindicato.

O presidente do SINDSEMP, Walber Lins, fez a leitura do documento enviado pelos diretores da UNIMED, o de marketing, Francisco Aires da Cruz, e o financeiro, Carlos Tadeu Rodrigues de Souza, no qual ficou especificando a última proposta de 13%, aprovada pelos servidores municipais presentes.

O fiscal de transportes, Clodoaldo Barbosa concordou com o reajuste, mesmo esperando um percentual menor. “Eu sou obrigado a concordar com o reajuste, afinal de contas focou 0.14% a baixo da proposta da ANS para todos os planos de saúde. Eu gostaria que fosse um reajuste menor, mas infelizmente não é possível, mas foi o que o sindicato conseguiu e é o que eu concordo”, finalizou.

O servidor Ciro, que é dentista lotado em Nova Descoberta, parabenizou a diretoria executiva pela forma de discussão nas Assembleias dos planos de saúde em separado, uma vez que anteriormente era feita uma Assembleia Geral, o que tirava o foco do debate e sobre o reajuste deste ano ele lamenta não ter mais tempo para novas tentativas de negociação. “O que foi proposto hoje a gente ficou, ao meu ver, um pouco limitado para abrir outras discussões, pra gente tentar barganhar o valor”, concluiu se referendo ao tempo limite da negociação, por conta do aniversário do convênio, que é no mês de setembro.