SINDSEMP participa do “Dialogando com a Secretária” e debate propostas para melhores condições de trabalho dos professores readaptados da rede municipal de Petrolina

O Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina (SINDSEMP) participou na tarde desta terça-feira (12), do programa “Dialogando com a Secretária” no auditório do Instituto de Gestão Previdenciária (IGEPREV), com a secretária de educação Maéve Melo e os professores readaptados do município.

Segundo Maéve, a ideia do projeto surgiu da percepção da necessidade de uma aproximação com os segmentos da educação, começando pelos diretores das escolas e ampliando para os professores readaptados e consequentemente pretende abranger os demais segmentos. Sobre o encontro, a secretária avaliou como positivo e surpreendente. “Atendeu demais a expectativa. A gente ficou um pouco impressionado porque parece que tinham uns gritos que estavam abafados. Muitas pessoas falaram, choraram, pontuaram. Foi um momento de desabafo de uma categoria que parece que estava calada”, explicou, reconhecendo que esses professores precisam de uma atenção maior, pelo fato de estarem angustiados e doentes.

Na oportunidade foi lançado o projeto “Cuidando do Mestre”, idealizado por alunos da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), que em parceria com a prefeitura, vai trabalhar planos de auto cuidado com os professores. A graduanda em psicologia da UNIVASF e mestranda do programa de pós graduação em formação de professores da Universidade de Pernambuco (UPE), Clara Souza, faz parte do projeto que define como uma proposta de tomada de consciência dos próprios professores para o auto cuidar-se. “A gente tá com uma equipe multiprofissional com estagiários de medicina, psicologia, enfermagem, educação física e ciências sociais, através da supervisão de alguns professores desses cursos, e ligado ao núcleo de pesquisa de infâncias e educação, da universidade. E um trabalho de autoestima, de olhar para o corpo, para o aspecto de alimentação, aspecto psicológico e emocional. Tem uma gama de dimensões que a gente quer trabalhar com esses professores”, conclui.

O presidente do SINDSEMP, Walber Lins reforçou o papel do sindicato em buscar momentos como este, que vislumbram melhoria para os servidores. “Nós viemos aqui hoje celebrar esse momento de ajuste de carga horária, que já era um anseio da categoria por uma situação criada no passado e a gente vinha atentando o juízo de Maéve desde o início, Foram muitas reuniões para discutir a possibilidade de rever essa questão. O trabalho do sindicato é buscar o melhor para o servidor, seja ele de qualquer categoria. Eu não sou diretor da saúde, da educação, da guarda, eu sou diretor sindical e estamos aqui para lutar por todos”, finaliza.

O prefeito Miguel Coelho esteve na abertura do evento e declarou total apoio ao projeto em parceria com a UNIVASF. No decorrer do encontro foram realizadas dinâmicas de grupo e ginástica laboral, foi servido um lanche a base de suco, sanduiche natural e frutas. Foi entregue uma ficha para que sejam pontuados os principais problemas da categoria, que será devolvido à secretaria no próximo encontro previsto ainda para este mês de setembro.