Sindsemp recepciona Senador FBC para debater propostas de valorização profissional

Membros do Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina (Sindsemp) recepcionaram, na manhã desta quinta-feira (28), o Senador da República Fenando Bezerra Coelho (PSB-PE) para debater também com representantes de outros sindicatos propostas que tramitam no Senado Federal de interesse da classe trabalhadora. Ao debater sobre a crise econômica, que o país atravessa forçando os brasileiros a se prepararem para um 2016 também de dificuldades financeiras, o senador reiterou que a oportunidade também foi de ouvir muitas sugestões, muitas indicações e que está a disposição dos líderes sindicais. “Nosso gabinete em Brasília está a disposição para que eles possam contar como ponto de apoio na defesa de matérias legislativas de seus interesses”. Foi apresentado também aos sindicalistas propostas voltadas à Educação, a exemplo da matéria que prevê a federalização da carreira do professor. “Apresentei um projeto que tramita no Senado Federal que é a criação da carreira federal do professor, no sentido de priorizar o professor dentro da política pública de Educação (…) para que possamos produzir melhores indicadores educacionais”, comentou. Também presente no evento, o deputado estadual Miguel Coelho (PSB-PE) falou da importância do debate com as entidades de classe. “Para que a gente possa ter uma consonância, possa está de acordo com os interesses dos trabalhadores de Petrolina e de todo o Estado”. O Senador, que é membro da Comissão de Educação, espera que os sindicatos colaborem acompanhando a tramitação da matéria em Brasília. “Vamos realizar debates na Comissão da Educação do Senado, assim como vamos discutir, a construção da base curricular comum no Brasil”. O presidente do Sindsemp, Walber Lins, agradeceu a presença de todos e ressalvou a necessidade de discutir a PEC elaborada pelo senador. “É uma forma de estreitar o debate para prover em benefício do trabalhador”. Participaram do encontro representantes do Sinpro, Sessepe, STR, Sinaserp, Cooper, Sinticon, Associação de Moradores do N7 e do N10, Sinaberb, e o vice-presidente da associação dos agentes de segurança patrimonial.